Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Procrastinação, preguiça e acédia

julmar, 28.04.14
     Eu que sou um um procrastinador estrutural, padecia não por sê-lo mas por julgar que era o empecilho das minhas realizações. Sei que assim não é. E ao meditar sobre isso veio-me à mente o poema de Pessoa. Sou preguiçoso q.b. Mas não sofro de acédia, mal de que sifrem os enteduados da vida.
  LIBERDADE
(Interpretado na voz de João Villaret)
Ai que prazer
não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
e não o fazer!
Ler é maçada,
estudar é nada.
O sol doira sem literatura.
O rio corre bem ou mal,
sem edição original.
E a brisa, essa, de tão naturalmente matinal
como tem tempo, não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto melhor é quando há bruma.
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

E mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças,
Nem consta que tivesse biblioteca...

      Fernando Pessoa