Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

O rio Coa - aprendendo com os antigos

julmar, 07.10.14

 

«O rio Coa, chamado dos antigos Cuda, como se vê na ponte de Alcantara é um dos grandes e afamados que há em Lusitânia. Nace perto da villa de Alfayates, mete-se no Douro junto de Villa Nova de Fozcoa: he rio de muita copia de peixe, como são barbos, bogas e bordalos, e outros modos de pescaria. A cor de suas águas é pouco clara, tirando a verde escuro: he de malíssima digestão e muito pesada, causa tristeza e dores de barriga, e de cabeça, engrossa o entendimento, e para mulheres fermosas he de muito pouco proveito, porque lhe dana o carão notavelmente, só tem virtude para tingir lãs e caldear o ferro, que neste particular é excelente»

In Monarquia Lusitana, Parte V, Francisco Brandão