Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Andar, passo a passo. Solvitur ambulando

julmar, 12.03.19

Diogenes.jpg

Uma das maiores controvérsias entre os filósofos gregos, que continuou depois deles e continuará, foi o problema do movimento. De forma racional, Parménides e os seus discípulos procuravam demonstrar a inexistência de movimento. O excêntrico Diógenes, ( o tal que se passeava pelas ruas durante o dia de candeia acesa à procura de um Homem e que dormia dentro de uma pipa), respondeu:solvitur ambulando (isso resolve-se caminhando).

Filosofias à parte ( como se fosse possível), as más disposições têm no movimento o seu principal remédio. Não é por acaso que, por bem ou por mal, o professor manda o aluno, em diferentes tons de vós e em diversas formas de enunciação, para fora da aula. Quando alguém está a ficar morcão, a sair fora de si, a incomodar ou a incomodar-se, ou não está a dar carreira direita no que faz, o melhor é, por si, ir dar uma volta, antes que alguém o mande à fava, a pintar macacos, abaixo de Braga ou a outros indesejáveis lugares. 

Por isso, desde há anos, segui o conselho da minha médica: Ponha-se a andar!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.