Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Borregana - Ah meu pobre país

julmar, 12.12.08

Se o teu principal deficit fosse o dinheiro que não tens!
Mas não, o teu deficit é outro grave e fundo.
É um deficit das elites malformadas,
De empresários que se querem patrões,
Bestas iletradas que só vêm cifrões
Dos interesses instalados
de sindicatos, ordens e corporações
Tudo a sugar essa besta divinizada
A quem todos juram servir
E de que todos se servem
Que uns dizem ser Patria
Outros Nação e outros Estado
O teu deficit é de educação
Desde o chefe principal
Até ao calejado lá do fundo
Armado no seu rude feitio
Que escarra contra o vento
E na boçalidade coloca brio
Neste deficit é que te haviam de pôr limite
Nem que te pusessem peias e cabresto
E quem sabe um açaime no focinho
E um aguilhão de ponta afiada
Que quem não anda a bem
Tem que andar a mal
Porque desistir nunca.