Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Mais um ano lectivo

julmar, 14.09.06

 Nova corrida, nova viagem. Desta vez iniciada com comida - um excelente arroz à valenciana  um vinho tinto, honesto - e discursos vários. E com o poema que se segue. Por mim há 33 anos que rolo a minha pedra até ao cume da montanha. Chegará o dia em que ficará no sopé.

 SÍSIFO

Recomeça…

Se puderes,

Sem angústia e sem pressa.

E os passos que deres,

Nesse caminho duro

Do futuro

Dá-os em liberdade.

Enquanto não alcanses

Não descanses.

 

E, nunca saciado,

Vai colhendo

Ilusões sucessivas no pomar.

Sempre a sonhar

E vendo,

Acordado,

O logro da aventura.

És homem, não te esqueças!

Só é tua a loucura

Onde, com lucidez, te reconheças

            Miguel Torga