Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Andar, passo a passo. Chegada a Kartum

julmar, 31.03.20

Subi, a passo e passo, nas margens do Nilo, de Alexandria até Kartum. Uma distância de 2241Km. Continuarei, com o Nilo Branco como companheiro, até ao Lago Vitória. Difícil.

Cartum (em árabe: الخرطوم, transl. al-Kharṭūm) é a capital do Sudão e a segunda maior cidade do país, com população de 1 410 858 habitantes de acordo com o censo de 2008.[2][3] Abriga um porto fluvial na confluência do Nilo Azul com o Nilo Branco, na zona leste-central do país.[4] Foi fundada pelos egípcios em 1821 e ainda hoje é marcada pela pobreza, com exceção de raras áreas exclusivas.[5] Poucas ruas são pavimentadas, apesar de o centro da cidade ser bem planejado. Cartum é um centro administrativo, econômico e comercial do Sudão. Dentre as indústrias que se destacam, estão as de alimentação, tecidos e manufacturas de vidros.

Dividida pelos Nilos (Azul e Branco), a área metropolitana de Cartum, conhecida também como Grande Cartum, é uma metrópole tripartida, com uma população total de 4 272 728 habitantes de acordo com o censo de 2008.[2][3] É constituída pela aglomeração urbana das cidades de Cartum, Cartum do Norte (ou Bahri; em inglêsKhartoum North; em árabeal-Khartūm Bahrī) e Ondurmã (em árabe: Umm Durmān). Dentro da Grande Cartum, Cartum e Cartum do Norte estão situadas respectivamente às margens esquerda e direita do Nilo Azul, enquanto Ondurmã está localizada na margem esquerda do Nilo principal, logo após a confluência dos dois Nilos.[6] As três aglomerações estão conectadas por pontes.

No meio de transportes internacional, Cartum tem linhas de trem para Porto Sudão, e também para o Egito, a cidades como Al-Ubayyid. O tráfico pelos rios Nilo Azul e Branco também é muito importante, e a cidade dispõe também de um Aeroporto Internacional. Cartum tem três universidades, a Universidade de Cartum, a Universidade Nilayin e a Universidade Sudanesa de Ciência e Tecnologia.

Em 10 de maio de 2008, o grupo rebelde Movimento pela Justiça e Igualdade, de Darfur, invadiu a cidade, onde travou ferozes combates com as forças governamentais sudanesas. Entre seus soldados estavam crianças, e sua meta era derrubar do poder o presidente Omar Hassan al-Bashir; o governo sudanês, no entanto, conseguiu repelir o ataque.[13][14][15] (in Wikipédia)

A Peste Bubónica ou Peste Negra

julmar, 21.03.20

A morte negra e os doutores da pesteO triunfo da morte, de Pieter Bruegel, o Velho

Resumo

As primeiras notícias que se tem da peste foi durante a guerra entre genoveses e mongóis na cidade de Caffa (atual Teodósia), na Península da Crimeia, em 1346.

Ao ver que os mongóis muçulmanos morriam, os genoveses atribuíam à doença à justiça divina, pois era um sinal inequívoco que Deus estaria do lado dos cristãos.

Quando a contenda acaba, os genoveses voltam para a Península Itálica levando a bordo ratos que hospedavam pulgas no seu corpo e eram elas que transmitiam a bactéria da doença.

Esses ratos entrarão em contato com seus pares europeus e assim é disseminada a doença por portos como Veneza, Marselha, Barcelona, Valência, etc.

A peste se espalhou rápida e inexoravelmente. Não havia muito que fazer, a não ser isolar o doente. Mesmo assim, o contágio atingiu e matou cidades inteiras, esvaziou mosteiros e assustou populações.

A epidemia do século XIV foi a que entrou no imaginário coletivo ocidental. No entanto, até o século XIX se verificaram surtos de peste negra pela Europa

(Professora Juliana Bezerra)

Peste Negra

(Médico da peste negra em gravura do século XVII)

 

Aprimorando o inglês

julmar, 20.03.20

Image result for Paul arden

Andar, ler e escrever ... sempre passo a passo. Passo a passo se faz o caminho. Atividades (dis)cursivas que requerem tempo, persistência, humildade e coragem. Coisas pequenas umas a seguir às outras. A outros estão resevadas as epifanias e hierofanias, visões e aparições, tudo mistérios e revelações impossíveis de obrar ao deus das pquenas coisas. Os apóstolos, por exemplo, sobre quem baixou o Espírito Santo sobre a forma de línguas de fogo, de um momento para o outro, começaram a falar todas as línguas: "De repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles.” (At 2:2-3).

Qual o tamanho real de África?

julmar, 02.03.20

A África em que me meti é muito maior do que parece, segundo o designer Kai Krause, um guru dos gráficos, que fez o exercício de meter vários países desenhados sobre o contorno do continente africano. Chega-se, então, à conclusão que cabem lá a China, Estados Unidos, Europa, Índia e Japão. Tudo porque os mapas planificados criam distorções enormes.

Se tentar percorrê-lo a pé, então, é mesmo muito, muito grande!

Image result for mapa politico de africa

 

Image result for a verdadeira dimensão da áfrica