Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Lugares da minha vida

julmar, 26.06.09

Os cafés, mais do que para restaurar o corpo, serviram-me para restaurar a alma. Estudante sempre com alojamentos insuficientes e deficientes, eram os cafés que a troco de uma bica me serviam de escritório por uma manhã ou uma tarde. Era lá que se encontravam os amigos e se catrapiscavam as raparigas. Tal era o hábito que já não conseguia estudar sem ser com aquele barulho de fundo.

Bons tempos, belos tempos.

E é como com as pessoas: De nada vale estar o nome escrito duas vezes em letras grandes: O que vale mesmo é a alcunha: PIOLHO.

Hotel Miramar

julmar, 24.06.09

Hotel de Miramar que já foi uma pérola, está um monte de ruínas. O cartaz, ao lado, de campanha eleitoral, em frase completa: «10 anos passaram a correr»

Velha ou nova

julmar, 07.06.09

O que acontece na percepção sensorial acontece a o nível mental. Podemos ser Quixotes ou Sanchos o tempo todo, ou alternadamente.

 

Como dizia A. Gedeão: «Onde Sancho vê moínhos

D. Quixote vê gigantes.

Vê moínhos? são moínhos.

Vê gigantes são gigantes.»