Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Lapidações

julmar, 31.07.07

«As pessoas são aquilo que os seus desejos mais profundos são. Como for o seu desejo, assim será a sua vontade. Como for a sua vontade assim serão os seus actos. Como forem os seus actos, assim será o seu destino»

Upanishades

Besteiras

julmar, 19.07.07

       Tempo de avaliações, tempos de exames. Só as avaliações dos alunos têm consequências. Todas as demais são inócuas. Ainda gostava que alguém fosse capaz de justificar que a repetição é «a medida pedagógica mais adequada». É mais uma daquelas expressões que entra pelo ouvido, soa bem e nos tira o trabalho de pensar. Como pode ser adequada uma medida que obriga o aluno a repetir com as mesmas matérias, os mesmos métodos... enfim, com tudo aquilo que levou a que não tivesse sucesso? E se não teve sucesso apenas em três ou quatro disciplinas, porque há-de repetir todas as outras? Antigamente, isto é, antes do 25 de Abril – que para nós portugueses constitui uma espécie de pré-história – o aluno teria que repetir apenas a secção de letras ou a secção de ciências. Agora, ainda que o aluno seja bom a Matemática, Física, Geografia, porque não foi bem sucedido em Português, Inglês, História ele vai ter que começar o jogo todo. Depois queixam-se do insucesso e da indisciplina.

A ordem é a alma das coisas

julmar, 07.07.07

«Se procurarmos o que é que conserva no seu ser o universo, juntamente com todas as coisas particulares, verificamos que não é senão a ordem, a qual é a disposição das coisas anteriores e posteriores, maiores e menores, semelhantes e dissemelhantes, consoante o lugar e o tempo, o número, as dimensões e o peso devido e conveniente a cada uma delas. Por isso, alguém disse, com elegância e verdade, que a ordem é a alma das coisas. Com efeito. Tudo aquilo que é ordenado, durante todo o tempo em que conserva a ordem, conserva o estado e a sua integridade; se se afasta da ordem, debilita-se, vacila, cambaleia e cai. O que é evidente por toda a espécie de exemplos tirados de toda a natureza e de toda a arte.»

Didáctica Magna - Coménio

As Escolas podem ser reformadas

julmar, 06.07.07

Ao fazer o PEE, fui descobrir algumas pérolas:

 “Que todos se formem com uma instrução não aparente, mas verdadeira, não superficial, mas sólida; ou seja, que o homem, enquanto animal racional, se habitue a deixar-se guiar, não pela razão dos outros, mas pela sua, e não apenas a ler nos livros e a entender, ou ainda a reter e recitar as opiniões dos outros, mas a penetrar por si mesmo até ao âmago das próprias coisas e a tirar delas conhecimento genuíno e utilidade. Quanto á solidez da moral e da piedade, deve dizer-se o mesmo”

 

            Didáctica Magna, 2ª ed. , Fundação Calouste Gulbenkian - Coménio