Terça-feira, 3 de Julho de 2012

Miguel Relvas – O braço direito de Pedro Passos Coelho – Amora da Silva

Quem não tem vergonha, todo o mundo é seu

Tenho lutado comigo para manter afastado deste blog a espuma dos dias que hoje é quase toda feita de economês, feita na plataforma televisiva, por onde os ilustríssimos economistas passeiam a sua pseudo-ciência. Interrogo-me mesmo como é que ilustríssimos doutores, professores, alguns mesmo professores doutores, outros doutores com letras maiúsculas, repetem os mesmos lugares de sempre, e se a ciência económica é aquilo, garanto que a minha avó que não sabia ler nem escrever e construiu, do nada, uma próspera empresa de latoaria, havia de achar que esta gente tem muita lata. Apenas lata com a qual apenas faz um barulho tremendo. Um barulho ensurdecedor.

Este governo é um mau exemplo para os jovens que almejam uma valorização através do estudo. Pedro Passos Coelho, ocupado como andava com a militância nessa grande universidade que é a JSD de intensa atividade política, terá concluído a sua licenciatura com 37 anos, a tempo de ser Primeiro-ministro de Portugal.

Miguel Relvas é o mesmo, para pior, nas suas palavras ao jornal “I”

 “Tendo iniciado a minha actividade política e profissional ainda muito jovem, numa altura em que a política mobilizava milhares de cidadãos na primeira década após o restabelecimento da democracia em Portugal, essa intensa participação cívica em que me empenhei tornou-se, à época, incompatível com as obrigações académicas, tal como sucedeu com muitos outros jovens dos mais diversos quadrantes partidários”.

Miguel Relvas consegue insultar, de uma vez só, milhões de portugueses, nomeadamente aqueles que tendo intensa atividade cívica não descuraram a sua formação académica.

Mas o que aprendeu, desde cedo, foi o Xico Espertismo, os movimentos ondulantes, o jeito redondo, as falinhas mansas com quem está em cima e a fala grossa com quem está debaixo, o aperto de mão estudado, as palmadinhas nas costas, os salamaleques,  o zigzaguear, o disfarce, a intensidade das pressões, o cálculo dos limites.

Miguel Relvas deveria saber que o contrabando é uma atividade ilegal e terá de provar que o não fez. Se não houvesse muita gente importante no barco dele, seria um náufrago.

 Assim, o náufrago há-de ser o povo português que o escolheu.

publicado por julmar às 17:34
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Livros proibidos

. Vale dos Reis, Luxor

. A ribeira de ontem e a ri...

. Andar passo a passo, com ...

. Na margem do Nilo

. A reta é a mais curta dis...

. Ora, descubra lá a(s) dif...

. Põe-te em movimento, anda...

. Por Terras de Penafiel - ...

. Até ao Cairo, passo a pas...

.arquivos

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds