Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Badameco

As anotações de Júlio Marques.

Escolas fechadas a cadeado

julmar, 19.12.11
Se experimentar escrever o título deste post no Google ficará espantado coma quantidade de casos. Porque não há funcionários, porque não há higiene, porque as crianças caíram, porque não há professor, porque não há cantina ou porque a comida não presta ... Tudo serve de razão para fechar escolas a cadeado. De tudo isto o que é que as crianças aprendem? 1.Santarém: Pais fecham escola a cadeado depois de acidentes com duas crianças A escola de primeiro ciclo dos Combatentes, em Santarém, foi fechada a cadeado durante a noite, uma forma de protesto assumida por alguns pais depois de quarta-feira duas crianças terem caído nas escadas. 2. Crfianças de Gonça fecham escola a cadeado em protesto Publicado em 2011-09-15 DELFIM MACHADO Os alunos e encarregados de educação da escola EB1 de Gonça, em Guimarães, fecharam a escola a cadeado em protesto contra o encerramento daquele estabelecimento de ensino, previsto para o próximo ano. 3. Pais ameaçam fechar escola a cadeado Os pais dos alunos do 1.º ciclo de Escolas de Baixo, Castelo Branco, ameaçam encerrar a escola a cadeado na quarta-feira de manhã para exigir medidas que travem as agressões praticadas por uma das crianças. 4. Os pais dos alunos da escola EB2,3 Patrício Prazeres, em Lisboa, estão esta segunda-feira a impedir a entrada de qualquer aluno, professor ou funcionário neste estabelecimento de ensino como forma de protesto. Fecharam a porta a cadeado em revolta pela falta de auxiliares e falta de segurança, que permite a livre circulação de droga na escola. 5. Pais e encarregados de educação encerraram hoje a cadeado a Escola Básica Professora Aida Vieira, no Bairro Padre Cruz, em Lisboa, alegando "falta de condições" para os alunos, apesar de obras recentes naquele estabelecimento. 6. Em Fortunho pais fecham escola a cadeado Durante a manhã de hoje, dia 10, os pais dos alunos de uma escola de Fortunho, no concelho de Vila Real, reivindicaram a colocação de uma professora de apoio a tempo inteiro, o que levou ao encerramento do estabelecimento de ensino a cadeado. Os alunos já possuem uma professora, contudo esta apenas lecciona a meio-tempo, e a existência de alunos com uma conduta pouco ética dificulta a tarefa da mesma. Segundo a lei, a colocação de uma profissional a tempo inteiro apenas é obrigatória para escolas a partir de 19 alunos, porém, a escola em questão apenas possui 15.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.